19 de julho de 2017

Resenha: O lado bom da vida


Olá leitores,
Eu sinceramente não sabia se iria ou não resenhar esse livro. Vocês já sabem que esse livro não me agradou nem um pouco, mas mesmo assim resolvi trazer mais informações. Confiram:

 
Créditos da imagem: Saraiva

Nome: O lado bom da vida | Autor: Matthew Quick
Editora: | Nota: 1
Sinopse: Pat Peoples, um ex-professor de história na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele “lugar ruim”, Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um 'tempo separados'. Tentando recompor o quebra-cabeças de sua memória, agora repleta de lapsos, ele ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora. Com seu pai se recusando a falar com ele, sua esposa negando-se a aceitar revê-lo e seus amigos evitando comentar o que aconteceu antes de sua internação, Pat, agora um viciado em exercícios físicos, está determinado a reorganizar as coisas e reconquistar sua mulher, porque acredita em finais felizes e no lado bom da vida. À medida que seu passado aos poucos ressurge em sua memória, Pat começa a entender que 'é melhor ser gentil que ter razão' e faz dessa convicção sua meta. Tendo a seu lado o excêntrico (mas competente) psiquiatra Dr. Patel e Tiffany, a irmã viúva de seu melhor amigo, Pat descobrirá que nem todos os finais são felizes, mas que sempre vale a pena tentar mais uma vez.

Minha opinião:
O meu interesse por esse livro veio pelo filme (que por sinal é ótimo e tem um elenco maravilhoso). Mas palavras não são capazes de descrever a minha decepção. O livro é monótono e repetitivo demais! Pat me fez ter vontade de largar a leitura diversas vezes. Foi uma leitura "arrastada", é a primeira vez que gosto mais do filme do que do livro.

Essa foi a resenha de hoje, mais alguém aí concorda comigo? Deixem seus comentários e até o próximo post.

Siga-nos nas redes sociais
Instagram: @atraves_estante 
Twitter: @AtravesEstante

Nenhum comentário:

Postar um comentário